JULIANA MAIA FAZ SERENATA PARA O PÚBLICO NO PALÁCIO TIRADENTES

JULIANA MAIA divulgação

A cantora Juliana Maia estará no palco do Palácio Tiradentes, nesta quinta-feira (03/11), às 19 horas, com o show  Serenatas na Janela que celebrará a vida e o amor.  A apresentação faz encerra a edição 2022 do projeto “Viva o compositor Brasileiro”, iniciado em junho deste ano com compositor Wagner Tiso.  O show de abertura  será  com o violonista e compositor Gulherme Pimenta.  O  público poderá  fazer a retirada dos ingressos a partir das 18h, à Rua Primeiro de Março, s/n, Praça XV, no Centro.

Natural de Conservatória, conhecida com a capital mundial da seresta, no distrito de Valença, região do Médio Paráiba, Juliana é a idealizadora Espaço Cultural Teatro Sonora, em sua cidade natal. Conhecida por homenagear vozes femininas como nos seus shows “Tributo às Cantoras de rádio” e “Tributo à Elis”, além de interpretações de grandes canções da nossa música brasileira, como  clássicos da Bossa Nova,  a cantora apresentará ao público composições de sua autoria. Ela unirá às pérolas dos seresteiros composições como  “Noite cheia de estrelas” (Cândido das Neves); “Risque”(Ary Barroso); “Eu sonhei que estavas tão linda”(Lamartine Babo e Francisco Mattoso) e “Nunca”( Lupicínio Rodrigues).

Ela fala da importância de se apresentar no mais novo espaço  cultural do Centro do Rio, Palácio Tiradentes: a Casa da Democracia. “Uma sensação mágica. A história pulsa nesse local. Mostra o quanto a arte é transformadora. E cantar num espaço que pisaram nomes como Tiso (Wagner) e Ivan(Lins) e tantos mais  é uma honra. Viva o compositor brasileiro, sempre !”, concluiu ela.

O projeto Viva o Compositor Brasileiro é uma iniciativa da Subdiretora-geral de Cultura da ALERJ  com a parceria da Fundação Anita Mantuano de Artes do Rio de Janeiro (FUNARJ) e levou para o a Casa da Democracia grandes nomes da música Brasileira como Wagner Tiso, Ivan Lins, Carlos Dafé, Buchecha, Isabella Tavianni, Kleiton e Kledir, o grupo Fundo de Quintal.

Serviço:

O que: Viva o compositor brasileiro apresenta Juliana Maia

Quando: 03/11 , às 19 horas.

Onde: Palácio Tiradentes. Plenário Barbosa Lima Sobrinho. Rua Primeiro de Março, s/n – Praça XV – Centro.

O acesso para cadeirantes poderá ser feito pela Rua Dom Manuel, s/n, atrás do Palácio Tiradentes. Entrada Franca.

 

 

Por Symone Munay

Foto: Divulgação

 

MART’NALIA e TONI GARRIDO VOLTAM A SE APRESENTAR NO PALÁCIO TIRADENTES

20221026_192550

Após duas apresentações do espetáculo “Sons da Independência”, os cantores Mart’nália e  Toni Garrido vão se apresentar na noite desta terça-feira (01/11), no Palácio Tiradentes. O projeto é uma realização da Subdiretoria-Geral de cultura da ALERJ. As senhas começam a ser distribuídas a partir das 18h.

No repertório as cantigas da música popular do Rio de Janeiro de todos os tempos, como o  lundu – cântico afro-brasileiro das senzalas, que migrou para a Corte com o nome de modinha; passando pelo vissungo – cânticos de trabalho criados pelos escravos africanos, além do chorinho, considerado a primeira música urbana brasileira, depois o samba por fim a Bossa Nova, um dos ícones da cultura carioca, com forte impacto na identidade nacional.

O show tem a direção artística de Moacyr Góes e Nelson Freitas na direção geral.  Na banda Humberto Mirabelli (violão), Tiago Machado (violão e cavaquinho), Zé Luiz Maia (baixo), Luiz Otávio (teclado), Diego Zangado (bateria), Macaco Branco (percussão) e Afonso Machado (bandolim). As intervenções cênicas e narrativas são dos atores Augusto Garcia e Carla Guidacci.

A ultima apresenta de Mart’nália e Toni Garrido será na próxima terça-feira (08/11) .

 

 

Serviço:

O que: “Sons da Independência” apresenta Mart’nália e Toni Garrido

Quando: 01/11 e 08/11, às 19 horas.

Onde: Palácio Tiradentes. Plenário Barbosa Lima Sobrinho. Rua Primeiro de Março, s/n – Praça XV – Centro.

O acesso para cadeirantes poderá ser feito pela Rua Dom Manuel, s/n, atrás do Palácio Tiradentes. Entrada Franca.