‘AUTOBIOGRAFIA AUTORIZADA’ COM PAULO BETTI É NESTA QUINTA-FEIRA NO PALÁCIO TIRADENTES

Screenshot_20221116-094910_WhatsApp“Autobiografia Autorizada” é um espetáculo único, que precisa ser visto, vivenciado. Criado por Paulo Betti, que se inspirou na memória e nos textos escritos de próprio punho em cadernos onde fazia colagens de fatos da época durante a sua adolescência, a peça tem como pano de fundo a história do Brasil.
O texto narra os episódios de uma infância muito pobre, cheia de ternura. Apesar das imensas dificuldades, oriundas de uma vida com poucos recursos, a história mostra a superação do protagonista pela dedicação ao estudo, trazendo ao eixo principal o tema Educação, a grande paixão de Paulo Betti.
“Autobiografia Autorizada” transcende a apresentação de um espetáculo, visto que Paulo Betti se coloca à frente do palco logo após o término da peça para trocar ideias com o público. O objetivo é tornar público e artista em coautores de um processo único de criação que se fez presente no palco para um desfecho crítico, onde o público pergunta e o autor, diretor e ator protagonista responde.

Dia 17 de novembro, às 19 horas, você tem um compromisso no Palácio Tiradentes com a peça “Autobiografia Autorizada”, em única apresentação.

A gente se encontra lá!

Serviço 

A distribuição de senhas começa às 18 horas e a classificação etária é livre.
O Palácio Tiradentes fica na Rua Primeiro de Março S/N, Praça XV. A entrada é franca.

PAULO BETTI APRESENTA MONÓLOGO “AUTOBIOGRAFIA AUTORIZADA” NO PALÁCIO TIRADENTES

PAULO BETTI Divulgaçao_1800153

O ator Paulo Betti faz apresentação gratuita do espetáculo  “Autobiografia Autorizada”, no próxima quinta-feira (17/11), às 18 horas, no Palácio Tiradentes, a Casa da Democracia, o mais novo espaço cultural do Centro. O público deverá comparecer ao local uma hora antes para a retirada dos ingressos. O palácio fica na Rua Primeiro de Março, s/n , na Praça XV.

Uma iniciativa da Subdiretoria-Geral de Cultura da ALERJ e da Fundação de Artes Anita Mantuano do Rio de Janeiro (FUNARJ), a peça com um pouco mais de uma hora de duração é uma simpática narrativa dos episódios da infância do ator,  em Sorocaba, no interior de São Paulo. O monólogo integra o projeto A Arte de Inventar a Vida, que levará a peça para outras regiões da cidade e do estado, como São Gonçalo, Petrópolis e Nova Iguaçu.

Sobre o espetáculo

O texto expressa o testemunho do ator, autor, agitador cultural e diretor, que representa a mãe e outros personagens de sua vida, com a perspectiva de provocar uma reflexão sobre a valorização das histórias pessoais. Paulo Betti, filho de imigrantes italianos, que nasceu num bairro com maioria da população negra, descreve que era uma espécie de quilombo, mas que lhe proporcionara muita riqueza cultural. Ele rememora também que lá estavam as quadras das escolas de samba da cidade, onde teve os primeiros contatos com a cultura popular e com diferentes grupos religiosos que o marcaram para sempre.

Betti, um dos mais completos atores do cenário nacional, com uma carreira artística sólida e consistente que soma mais de 40 anos atuando no cinema, teatro e televisão se coloca à frente do palco para trocar ideias com o público.

Serviço:

O que: espetáculo  “Autobiografia Autorizada”

Onde: Palácio Tiradentes, a Casa da Democracia. Rua Primeiro de Março  S/N, Praça XV. Centro.

Quando: 17/11, às 19 horas. O público deve chegar uma hora antes para a retirada do ingresso. Entrada Franca

 

Por Symone Munay

Foto: Divulgação

 

PALÁCIO TIRADENTES ABRE INSCRIÇÕES PARA WORKSHOP DE ACABAMENTOS EM MADEIRA

20220525_160445

A Curadoria do Palácio Tiradentes promove, através da Oficina-Escola de Conservação e Restauro, o Workshop de acabamento em móveis de madeira maciça, que será realizado entre os dias 22, 23, 29 e 30 de novembro. São 30 vagas divididas em duas turmas: manhã e tarde. A inscrição é gratuita e deve ser feita através deste link: https://bit.ly/3WRIHCP.

Serão quatro aulas práticas presenciais, que incluem no programa os mais diversos tipos de madeira, materiais para acabamentos, ceras, óleos, goma laca, vernizes e ferramentas. O curso será ministradas pelo mestre de ofício e restaurador de mobiliário Cláudio Fernandes Pereira, e tem como público alvo servidores das áreas de oficina e manutenção predial  da Assembleia Legislativa do Rio (ALERJ), de outras instituições públicas que trabalham na área da preservação do patrimônio cultural e profissionais autônomos em geral que trabalham com mobiliário.

Servico:

O que: Workshop de acabamentos em móveis de madeira.

Onde: Palácio Tiradentes, Rua Primeiro de Março, s/n, Praça XV.  A entrada para a  Oficina-Escola é  pela rua Dom Manuel s/n. Sala 103.

 Quando: 22, 23, 29 e 30/11. Horário: 8h às 12h (manhã) e 13h às 17h (tarde)

Foto: Symone Munay

TERMINA HOJE O WORKSHOP DE MARMORINO NO PALÁCIO TIRADENTES

20221111_181233

Foi  nesta sexta-feira (11/11), o último dia do Workshop sobre Marmorino realizado pela Oficina-Escola de Restauro do Palácio Tiradentes.  As aulas foram ministradas pelo especialista em restauro João Batista Teixeira, e além de formar mão de obra para realizar a conservação do palácio,  objetivam difundir e contribuir para a preservação dessa técnica antiga para as próximas gerações. “É uma técnica que pode ser utilizada em peças avulsas, parede e tetos de igreja e em prédios históricos públicos ou não. São lugares que precisam de cuidados constantes e o marmorino tem aplicação bastante versátil.”, explicou  a coordenadora da Oficina-Escola, Simone Algebaile.

“Gosto de fazer restaurações, e conhecimento nunca é demais. O curso cumpre com as expectativas, estou sempre recomendando para meus colegas”, comentou Maurício Oliveira, que trabalha no setor da limpeza do palácio e está no seu terceiro curso de restauro, já tendo passado pela oficina de madeira e de metais.

Entre os 30 inscritos, além dos servidores da Casa legislativa dos setores de manutenção e oficina, a Escola recebeu inscritos do Palácio Guanabara, Theatro Municipal e profissionais da área de conservação da Igreja São Francisco Paula,  no Centro.

20221111_150038

Fotos: Thiago Lontra e Symone Munay

 

 

PALÁCIO TIRADENTES RECEBE ILUMINAÇÃO ESPECIAL PELA CAMPANHA NOVEMBRO AZUL

Screenshot_20221111_154029

Alerj se engaja também no combate ao diabetes, cuja campanha acontece neste mês.

A fachada do histórico Palácio Tiradentes, antiga sede da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), ganhou iluminação especial numa coloração azulada em adesão à campanha Novembro Azul, mês de conscientização sobre o câncer de próstata. O Parlamento fluminense tem adotado essa prática de iluminar o palácio em diferentes cores como forma de apoiar campanhas institucionais que chamem a atenção do público para cuidados de prevenção, como aconteceu também no caso do Outubro Rosa.

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, que produz e armazena parte do fluido seminal. O câncer nesta região é o tumor mais comum em homens acima de 50 anos. Os fatores de risco incluem idade avançada, histórico familiar da doença, fatores hormonais e ambientais e certos hábitos alimentares (dieta rica em gorduras e pobre em verduras, vegetais e frutas), sedentarismo e excesso de peso. No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Sensível a essa questão, a Alerj tem aprovado leis para ajudar no enfrentamento à doença. Caso da Lei 6592 que autoriza o Poder Público a instituir um programa de apoio aos pacientes operados de câncer de próstata nos órgãos de saúde do estado. Outro exemplo é a Lei 5957 que trata do acesso gratuito dos portadores de hiperplasia benigna ou câncer de próstata à medicação de prescrição. A Casa aprovou, ainda, o 17 de novembro como o Dia Estadual de Combate ao Câncer de Próstata.

Combate ao diabetes

Na próxima segunda-feira (14/11) é celebrado o Dia Mundial de Combate ao Diabetes, que busca levar informações às pessoas que convivem com essa enfermidade. A iluminação do Palácio Tiradentes também alerta para a prevenção e o tratamento adequado à doença, representado por um círculo azul. E a inclusão do combate ao diabetes na campanha da Alerj teve um pedido especial do deputado Samuel Malafaia (PL).

No Rio, a Lei 5.159/07 criou a Semana Estadual de Atenção ao Diabetes, também com o objetivo de integrar o estado às campanhas mundiais estimuladas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

O tema da campanha do combate ao diabetes, este ano, é ´Educar Para Proteger o Futuro´. De acordo com dados da Federação Internacional do Diabetes, o Brasil aparece em sexto lugar mundial no ranking da doença. Uma dieta saudável, atividades físicas regulares e evitar o uso de tabaco e de álcool podem prevenir ou retardar o surgimento do diabetes.

Foto: Thiago Lontra

PROJETO DA ‘CASA DA DEMOCRACIA’ É APRESENTADO À BANCADA DE DEPUTADAS

 

PXL_20221110_163612572

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado André Ceciliano (PT) – que ocupa interinamente o cargo de governador do Estado – recebeu as deputadas eleitas e reeleitas para apresentação do projeto da Casa da Democracia – centro cultural que vai ocupar o Palácio Tiradentes, antiga sede do Parlamento fluminense.
“A restauração do Palácio Tiradentes está ficando linda. É muito emocionante cada vez que entro lá e vejo os espaços recuperados. Vai ser um orgulho entregar esse projeto à população do estado”, celebrou Ceciliano.
A curadora do Palácio Tiradentes, Maria Lúcia Horta, destacou o importante trabalho que vem sendo feito de catalogação e preservação do acervo histórico do edifício.
“Estamos fazendo tudo com todo cuidado e respeito que o Palácio merece. Nosso presidente foi muito sensível à necessidade de preservação permanente desse prédio tão precioso que é o Palácio Tiradentes. Ficamos muito felizes com o resultado do projeto de implantação do centro cultural Casa da Democracia”, revelou Maria Lúcia.
O projeto do centro cultural Casa da Democracia prevê a instalação de salas imersivas e interativas com a trajetória do Brasil República, a explicação do processo de elaboração de leis, a participação feminina na política e um espaço totalmente dedicado à história de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes.
“Estamos fazendo um grande trabalho de pesquisa e recuperação dos importantes discursos feitos na Casa. O projeto, que foi aprovado para criação da Casa da Democracia, é o que tem de mais moderno”, explicou o coordenador do projeto, Franklin Dias Coelho.
A deputada Martha Rocha (PDT) ressaltou a importância desta iniciativa. “O Palácio Tiradentes é o guardião da história política do país. E o Parlamento é o pilar da Democracia, então nada melhor do que a criação da Casa da Democracia ter sido uma iniciativa da Alerj”, disse.
A apresentação do projeto foi feita durante o encontro mensal do presidente com a bancada feminina, que, desta vez, incluiu as deputadas recém-eleitas.
“Nesse encontro, percebi que aqui a gente encontra muito respeito. A gente consegue dialogar. Só tenho a agradecer as mulheres que vieram antes de mim, que lutaram muito para abrir portas e me comprometo a continuar na luta pelo espaço das mulheres”, destacou a deputada eleita Elika Takimoto (PT).
Por Natália Alves

Foto: Julia Passos

MORRE O ATOR ROBERTO GUILHERME, O SARGENTO PINCEL DE ‘OS TRAPALHÕES’

Screenshot_20221110-170809_Chrome

Mais uma baixa na cultura brasileira. O ator, humorista e dublador Roberto Guilherme que, por mais de 30 anos, deu vida ao personagem Sargento Pincel do Programa “Os Trapalhões” morreu  nesta  quinta-feira (10/11), aos 84 anos. Ele estava internado na Clínica São Vicente, na Gávea, Zona Sul do Rio de Janeiro, em tratamento contra um câncer.

 

* 25mai1938 – 10/11/2022

Foto: Reprodução/Internet

ALERJ OFERECE CURSO DE MARMORINO PARA SERVIDORES

4-GaleriaTeste

A Curadoria do Palácio Tiradentes, antiga sede da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ), está promovendo a partir desta quarta-feira (9/11), o Whokshop sobre Marmorino, um tipo de textura aplicado na parede e que tem como resultado a aparência da pedra natural de mármore.

O curso é presencial e vai até a próxima sexta-feira (11/11), com as  aulas na Oficina-Escola de Restauro do Palácio Tiradentes: a Casa da Democracia.  São 30 alunos, a maioria servidores dos setores da oficina e da manutenção da ALERJ.
O professor João Batista Teixeira formado pelo centro Europeu de Veneza para a Conservação do Patrimônio Arquitetônico será responsável por ministrar as aulas. “Os materiais usados serão a cal, o gesso, areias e pó de mármore.  Os alunos, com certeza,  aprenderão muito sobre as técnicas e processos de aplicação desses produtos”, destacou o mestre.

Para a coordenadora do curso, a arquiteta Simone Algebaile, o mais  importante é que os encontros permitirão capacitar e especilizar os servidores e prestadores de serviço que trabalham no palácio e no edifício-sede. “Logo, vamos priorizar a restauração desses elementos legítimos,  e que  lamentavelmente, que não existem mais na natureza”.

Serviço

O que: Workshop sobre Marmorino

Onde: Palácio Tiradentes, sala 104

Quando: 09, 10, e 11/11

Manhã – 8h às 12h

Tarde – 13h às 17h

UM DIA DE LUTO PARA CULTURA BRASILEIRA COM A MORTE DE GAL COSTA E ROLANDO BOLDRIN

Screenshot_20221110_081726Gal Costa

Cantora, compositora e multi-instrumentista brasileira, eleita em 2012 a sétima maior voz da música brasileira pela revista Rolling Stone Brasil.

*26set1945 – 09nov2022

Screenshot_20221109-175442_ChromeRolando  Boldrin

Cantor, compositor  ator e apresentador de televisão (Globo, Band, SBT e Cultura). Recebeu o prêmio de melhor ator coadjuvante no Festival de Brasília, pela atuação como Pesro Melo, filme O Tronco.

*22out1936 – 09nov2022

 

Fotos:  Reprodução/Internet

 

MART´NÁLIA E TONI GARRIDO ENCERRAM ‘SONS DA INDEPENDÊNCIA’ NO PALÁCIO TIRADENTES

Screenshot_20221109-054837_Photos

Durante as cinco apresentações no Palácio Tiradentes: a Casa da Democracia  entre outubro e novembro os cantores Mart’nália e Toni Garrido dançaram e cantaram com o público que lotou o espaço.

Foi nesta terça (08/11), que a dupla se apresentou como a  última atração da edição 2022 do “Sons da Independência”, um projeto da Subdiretoria-Geral de Cultura da ALERJ  com parceria da Fundação Anita Mantuano de Artes do Rio (FUNARJ).

O projeto “Sons da Independência’ contou com intervenções cênicas dos atores Augusto Garcia e Carla Guidacci, com narrativas em prosa e poesia que fizeram uma leitura crítica e criativa dos 200 anos de um Rio de artes, literatura e humanidades.

O show começou pelo lundu – cântico afro-brasileiro das senzalas, que migrou para a corte com o nome de modinha imperial, com resgate do vissungo – cântico de trabalho dos escravizados africanos. Ritmos que até hoje influenciam a música produzida no país. Uma oportunidade também para o público ouvir o choro, considerado a primeira música urbana tipicamente brasileira, que se tornou um dos gêneros mais prestigiados da música popular nacional, unindo o requinte e a simplicidade, do popular ao erudito. O espetáculo teve a direção artística de Moacyr Góes e Nelson Freitas na direção geral.

Fotos: Octacílio Barbosa Screenshot_20221109-054825_PhotosScreenshot_20221109-054811_PhotosScreenshot_20221109-054818_Photos