“Alerj ao Pôr do Sol” tem repertório de Gonzagão a Jon Bon Jovi

CARTAZ Alerj ao Pôr do Sol

“Alerj ao Pôr do Sol” tem repertório de Gonzagão a Jon Bon Jovi, nesta quinta-feira

 

O projeto ‘Alerj ao Pôr do Sol’ terá continuidade nesta quinta-feira (03/10), com apresentação de sucessos da música brasileira e internacional executados pela Banda Sinfônica do Corpo de Bombeiros (CBMERJ), às 17h30, nas escadarias do Palácio Tiradentes, à Rua Primeiro de Março, s/nº.

Uma iniciativa da Subdiretoria de Cultural da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), o concerto desta semana promete ser um grande espetáculo. O repertório vai da brasilidade dos compositores e músicos Anacleto de Medeiros e Luiz Gonzaga ao americano Jon Bon Jovi – um dos maiores ícones do rock mundial.

A banda que  contará com a presença de 30 músicos e estará sob a batuta do maestro Aurimar Bento Donato.

Novas performances serão realizadas sempre nas primeiras quintas-feiras de cada mês na escadaria do Tiradentes e estarão abertas ao público em geral.

O acesso é gratuito e a classificação, livre.

 

Serviço O que: Projeto Alerj ao Pôr do Sol 

Onde: Palácio Tiradentes: Rua Primeiro de Marco, s/nº – Praça XV

Hora: 17:30h

 

 

Por Symone Munay

Grupo Sats volta a se apresentar no Palácio Tiradentes

GRUPO SATS

O Grupo Sats volta a se apresentar, nas escadarias do Palácio Tiradentes, com o espetáculo “Degraus”, neste sábado (28/09),  a partir das 10 horas.  O espetáculo poderá ser visto pelo público de 28 de setembro a 06 de outubro, na sede da Assembleia Legislativa do Estado Rio de Janeiro (Alerj), à Rua Primeiro de Março,  s/nº, Praça XV,  sempre aos sábados e domingos.

A montagem é uma ação em dança que usa escadarias públicas para pensar o corpo em situações de risco, queda e fracasso. O grupo tem como base a dimensão simbólica e discursiva das escadas e degraus.

Segundo os coordenadores, a proposta é restituir a dança à sua dimensão política, expondo o corpo, e dissolvendo as disposições convencionais entre público e privado.

A companhia tem a direção e coreografia de Deisi Margarida e Rodrigo Gondim.

Serviço:
Grupo Sats
Palácio Tiradentes

Rua Primeiro de Março, s/nº – Praça XV

Dias e horários: 28 de setembro a 06 de outubro (Sábados e domingos), às 10h

 

Ficha Técnica:

Concepção, direção e coreografia: Deisi Margarida e Rodrigo Gondim
Intérpretes-criadores: Deisi Margarida, Fábio Lacerda, Marina Garcez, Mika Makino, Rodrigo Gondim e Tayane Almeida.
Músicos: Fábio Lima e Luciano Pozino
Ensaiadora: Paola Vasconcelos
Figurino: Nivea Faso
Fotografia: Igor Keller
Instrução de Parkour: Pedro Pinheiro
Logomarca e Webdesigner: Renata Aguiar
Programação Visual: Fabio Lacerda e Rodrigo Gondim
Assessoria de Imprensa: Ana Pinto (Pequena Via Produções)
Produção: Deisi Margarida

 

ATENÇÃO

Em caso de chuva o cancelamento será avisado através das redes sociais: Fan page: Grupo SATS

Por Symone Munay

Palácio Tiradentes recebe a exposição “Mear” de artista gaúchos

A exposição “Mear” chega ao Salão Nobre da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj),   nesta quarta-feira, (25/09), com obras de Gabriel Netto e Pablo Ferretti. O trabalho é composto por desenhos e pinturas em grafite de grandes dimensões em tecido e fixados às colunas do Palácio Tiradentes.  O título escolhido pelos artistas problematiza justamente o desafio contemporâneo de compartilhar e encontrar o que une as pessoas. A mostra poderá ser vista de 26 de setembro a 15 de outubro..

A exposição é uma ocasião rara de ocupação, via arte contemporânea, de um dos prédios mais simbólicos da história política do país – o Palácio Tiradentes – , bem como um convite aos visitantes e frequentadores para perceber o espaço por perspectivas e fazeres distintos.

Os autores

Gabriel Netto (Porto Alegre, RS) é mestre em Design e Tecnologia e bacharel em Artes Plásticas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Pablo Ferretti (Porto Alegre, RS) é mestre em pintura, na Royal College of Art, Londres. Graduado em pintura pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Ambos Ambos  moram no Rio de Janeiro.

Serviço

Exposição MEAR

Salão Nobre do Palácio Tiradentes – Rua Primeiro de Março, s/nº – Praça XV

Abertura: 25 de setembro das 18h às 21h.

De 26 de setembro a 15 de outubro | Seg a sexta, das 10h às 17h. Sábado e feriados, das 12h às 17h. Escolas e grupos acima de 15 pessoas devem agendar pelo telefone: 2588 – 1251. Acesso para cadeirantes pela Rua Dom Manuel, s/nº. Grátis.

Escadaria do Palácio Tiradentes vira palco para os dançarinos do Grupo Sats

GRUPO SATS (2)

GRUPO SATS

O Grupo Sats apresenta, no próximo fim de semana, nas escadarias do Palácio Tiradentes, o espetáculo “Degraus”, a partir das 10 horas.  A montagem poderá ser vista pelo público de 14 de setembro a 06 de outubro, na sede da Assembleia Legislativa do Estado Rio de Janeiro (Alerj), sempre aos sábados e domingos.

Para o subdiretor de Cultura da Alerj, Nelson Freitas, essa é uma excelente oportunidade para que o público tenha ter acesso à arte de qualidade gratuitamente e contemplar uma das belas atrações arquitetônicas do estado: o Palácio Tiradentes.

“No ano em que o Rio foi eleito como a primeira capital mundial da arquitetura pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), uma das melhores maneiras de celebrar esse título, junto à população, é receber essa performance gratuita na escadaria de um dos maiores ícones do estado e do município”, contou.

O espetáculo é uma ação em dança que usa escadarias públicas para pensar o corpo em situações de risco, queda e fracasso. O grupo tem como base a dimensão simbólica e discursiva das escadas e degraus.

Segundo os coordenadores, a proposta é restituir a dança à sua dimensão política, expondo o corpo, e dissolvendo as disposições convencionais entre público e privado.

A companhia tem a direção e coreografia de Deisi Margarida e Rodrigo Gondim.

 

Serviço:
Grupo Sats
Palácio Tiradentes

Rua Primeiro de Março, s/nº – Praça XV

Dias e horários: 16 setembro a 06 de outubro (Sábados e domingos), às 10h

Ficha Técnica:

Concepção, direção e coreografia: Deisi Margarida e Rodrigo Gondim
Intérpretes-criadores: Deisi Margarida, Fábio Lacerda, Marina Garcez, Mika Makino, Rodrigo Gondim e Tayane Almeida.
Músicos: Fábio Lima e Luciano Pozino
Ensaiadora: Paola Vasconcelos
Figurino: Nivea Faso
Fotografia: Igor Keller
Instrução de Parkour: Pedro Pinheiro
Logomarca e Webdesigner: Renata Aguiar
Programação Visual: Fabio Lacerda e Rodrigo Gondim
Assessoria de Imprensa: Ana Pinto (Pequena Via Produções)
Produção: Deisi Margarida

 Obs: Em caso de chuva o cancelamento será avisado através das redes sociais: Fan page: Grupo SATS e Instagram: @gruposats

 

Por Symone Munay

 

 

 

Exposição Ojú Olhos poderá ser vista no Palácio Tiradentes

MENINO Expo Ojú Ohos

Mostra estará aberta ao público a partir desta segunda-feira 

Quem visitar a exposição “Ojú Olhos”, do fotógrafo Raimundo Cláudio Santa Rosa, não saberá de que lugar é a criança retratada, a menos que vire a foto. Essa é uma das imagens que fazem parte da mostra que chega ao Palácio Tiradentes nesta segunda-feira (02/09), trazendo diferentes olhares infantis em duas regiões continentais: África e Brasil. Vinte fotos poderão ser vistas até o dia 08 de setembro, no Salão Nobre, a partir das 18 horas.

“Os registros de Raimundo transcendem a arte de uma imagem, eles nos conduzem à construção de uma história, dá vida à imagem e constrói cada personagem. Em meio à riqueza estética numa combinação sutil de cores, ele nos oferece um registro único, como um convite à coautoria de sua arte, disse o subdiretor-geral de Cultura da Alerj, Nelson Freitas.

Santa Rosa é um dos fundadores dos Afoxés Agbara Dudu e Alafim Aiyê, que mantêm a tradição da cultura negra em nosso estado, há quase 50 anos, sempre pautado na defesa das raízes africanas.“A gente quando observa o olhar de uma criança, mesmo que esteja do outro lado oceano, acaba confundindo com uma criança negra das comunidades quilombolas aqui no Brasil. Precisei socializar o que vi nas minhas andanças.

 Elas acabam falando a mesma língua”, destacou ele.No mesmo dia, o Santa Rosa será homenageado com a entrega da Medalha Tiradentes, a mais alta honraria concedida pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Iniciativa da deputada Tia Ju (PRB).

Trajetória de Santa Rosa

Santa Rosa nasceu em Salvador (BA), há 57 anos, tendo sido o primeiro negro a assumir um cargo de direção na Light Serviços de Eletricidade S.A, empresa onde trabalha desde a década de 1980.Na empresa, desenvolveu o Programa de Normalização das Comunidades de Baixa Renda e implementou o Programa Light Recicla nos municípios do Estado, entre outros feitos.Santa Rosa foi Secretário de Esporte, Lazer, Turismo e Cultura do município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, de 1992 a 1995. Em decorrência de sua trajetória, recebeu a Medalha Pedro Ernesto, maior honraria da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, e o Prêmio Afrocolombianidade, concedido pelo governo da Colômbia, em 2018.

Servico:Exposição: “Ojú Olhos”

Local: Salão Nobre do Palácio Tiradentes – Rua Primeiro de Março, s/n – Centro

Data: de 02 a 08 de setembro

Horário: 10h

Quinteto de Jazz 193 abre projeto Alerj ao Pôr do Sol

quinteto bombeiro

Foto: Divulgação CBMERJ

As escadarias do Palácio Tiradentes, sede da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), vai receber nesta quinta-feira (29/08), às 17h30, o Quinteto de Jazz 193 do Corpo de Bombeiros (CBMERJ), na primeira edição do projeto Alerj ao Por Sol.
A ideia de criar a parceria numa agenda mensal surgiu em julho, depois da apresentação da Banda Sinfônica do Corpo de Bombeiros, reunindo grande público em frente a escadaria do palácio, nas comemorações dos 163 anos da instituição.
A partir de então, por solicitação do presidente da Alerj, o deputado André Ceciliano (PT), o projeto foi criado pela Subdiretora-geral de Cultura, para ser realizado em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês.

“Como no mês de setembro teremos os tradicionais desfiles cívicos, não será possível realizar o espetáculo na primeira quinta-feira. Porém, achamos que seria fundamental contemplar o público com o espetáculo nesta última semana de agosto, no retorno pra casa, com música de excelência e qualidade”, disse o subdiretor Nelson Freitas.

O concerto desta semana promete ser um grande espetáculo com músicos: Levy (clarinete e saxfone); Claudio (bateria ); José Maria (guitarra e saxofone) ; Diogénes (contrabaixo) e Wander (trompete), todos do corpo de subtenentes da corporação..

O acesso é gratuito e a classificação é livre.

Serviço
Evento: Alerj ao Por do Sol – Quinteto de Jazz 193
Dia: 29/08, às 17h30
Local: Escadaria do Palácio Tiradentes
Endereço: Rua Primeiro de Março, s/nº – Praça XV

Palácio Tiradentes abre as portas no sábado para visitação

Palácio Tiradentes

O Palácio Tiradentes guarda parte da história que começou nas primeiras décadas do século XVII. Atual sede do Legislativo fluminense, está localizado na região próxima ao cais da Rua Dom Manuel, hoje a Praça XV, onde se firmava como o mais importante centro político e financeiro do Brasil- Colônia.

Alguns dos capítulos dessa História do país e do estado do Rio estão na exposição Palácio Tiradentes – Lugar de Memória do Parlamento Brasileiro – aberta ao público de segunda – feira a sábado com guias bilíngues, inclusive nos feriados.

Trata-se de um tour pelo palácio, inaugurado em 1926, com arquitetura em estilo eclético, incluindo o Plenário Barbosa Lima Sobrinho, a biblioteca, a Sala de Imprensa Tim Lopes e as galerias destinadas ao povo.

 

Serviço:

Palácio Tiradentes: Rua Primeiro de Março, s/nº – Praça XV

Dias: Seg a sexta, das 10h às 17h. Sábado e feriados, das 12h às 17h. Escolas e grupos acima de 15 pessoas devem agendar pelo telefone: 2588 – 1251. Acesso para cadeirantes pela Rua Dom Manuel, s/nº. GRÁTIS.

 

Por Symone Munay

_

Morre Ruth de Souza

20190729_080122
Neste domingo, 28 de julho de 2019, nossa Cultura perdeu Ruth de Souza, a primeira atriz brasileira indicada a um prêmio internacional – em 1954 ganhou o troféu “Leão de Ouro” como melhor atriz no filme Sinhá Moça – Festival de Veneza.
A atriz deixou um enorme legado para a dramaturgia brasileira, com relevantes trabalhos realizados no Teatro, Cinema e Telenovelas.
Fora dos palcos, apesar da idade avançada, Ruth também atuava junto à diretoria do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro(SATED-RJ), para defender os interesses da categoria.
Nós, da Subdiretoria-Geral  de Cultura da Alerj, lamentamos essa grande perda e expressamos aqui nossos sentimentos a todos os familiares e amigos dessa grande brasileira.
Viva Ruth de Souza!

Palácio Tiradentes recebe exposição sobre 163 anos do Corpo de Bombeiros

 

Solenidade para comemorar os 163 anos da corporação acontecerá na quinta-feira

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) recebe, a partir desta terça-feira (09/07), uma exposição temporária sobre o legado histórico do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ). No último dia dois de julho, a corporação completou 163 anos de história, sendo a mais antiga do Brasil, fundada pelo Imperador Dom Pedro II. A mostra ficará em exposição até o dia 18 de julho, no Salão Nobre do Palácio Tiradentes. A entrada é franca. O espaço pode ser visitado de segunda a sábado, das 10h às 17h. A iniciativa foi da deputada Tia Ju (PRB) em parceria com a subdiretoria-geral de Cultura da Alerj.

Entre os materiais expostos ao público estão os primeiros equipamentos utilizados pelo Corpo de Bombeiros, como uma bomba manual usada pela corporação a partir de 1856. A exposição também conta com o primeiro hidrante da cidade do Rio, de 1879, além de uma caixa avisadora de incêndio e de uma estação telegráfica e telefônica, que eram utilizadas para recebimento das ocorrências. Os equipamentos modernos para salvamento em mar, serviços de socorro e manuseio de produtos perigosos também ficarão expostos na Alerj. O acervo disponível faz parte do Museu Histórico do Corpo de Bombeiros.

Solenidade

Na próxima quinta-feira (11/07), também acontecerá uma solenidade na Alerj para homenagear o Corpo de Bombeiros. Na ocasião, haverá uma apresentação da banda sinfônica da corporação na escadaria do Palácio Tiradentes. O evento está previsto para começar às 17h.

Serviço:

Exposição: “Legado Histórico do CBMERJ”.

Horário: Segunda a sábado, das 10h às 17h.

Endereço: Rua Primeiro de Março, s/nº- Praça Quinze. Tel: (21) 2588-1251.

O acesso para cadeirantes é feito pela Rua Dom Manuel, s/nº.

Entrada Franca.

exposição bombeiros   banda sinfonica bombeiros