MORRE NO RIO O PIANISTA NELSON FREIRE

Nelson-Freire- Reproducao-Youtube

 

Neste domingo, 01 de julho de 2021, nossa Cultura perdeu o pianista Nelson Freire, aos 77 anos. Considerado um dos maiores pianistas do mundo, morreu em sua casa no Joá, na Barra da Tijuca,  em decorrência de uma queda.

O corpo do pianista foi velado na terça-feira (2), onde os músicos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro prestaram homenagem com uma apresentação.

Mineiro, Nelson Freire começou a mostrar seu talento como músico aos três anos de idade. E com apenas cinco anos, apresentou seu primeiro recital de música no Teatro Municipal de São João Del Rei. Aos 12 anos, se mudou com a família para o Rio de Janeiro, se aprimorou bastante e ficou em nono lugar no Concurso Internacional de Piano do Rio de Janeiro, interpretando Beethoven.

O pianista se apresentou em mais de 70 países e apareceu como solista com as orquestras mais prestigiadas do mundo, incluindo a Orquestra Filarmônica de Berlim, a Orquestra Filarmônica de São Petersburgo, a Orquestra Real do Concertgebouw, a Orquestra Sinfônica de Londres, a Orquestra de Paris, a Orquestra Nacional da França, a Orquestra Filarmônica de Nova York, a Orquestra de Cleveland e Orquestra Sinfônica de Montreal, entre várias outras.

Entre outros méritos, Freire também ganhou o Grammy Latino com o álbum Brasileiro, com obras de compositores como Alexandre Levy, Villa-Lobos, Lorenzo Fernandez, Henrique Oswald, Claudio Santoro, entre outros. Sua trajetória foi tão marcante e interessante que virou um documentário pelo cineasta João Moreira Salles.

A última apresentação que Nelson Freire fez no Theatro Municipal foi em dezembro de 2018.

Foto: Reprodução Youtube

Leave Comment