PRÊMIO PAULO FREIRE: AS INSCRIÇÕES VÃO ATÉ 19 DE NOVEMBRO

PREMIO PAULO FREIRE media_08112021_09373826102021_200457paulo freire

PRÊMIO PAULO FREIRE: INSCRIÇÕES VÃO ATÉ 19 DE NOVEMBRO

 

As inscrições do Prêmio Paulo Freire, promovido pela Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), poderão ser realizadas até o dia 19 de novembro. O edital da segunda edição do concurso – que destaca a atuação de profissionais de educação de escolas e universidades das redes públicas e privadas que promovem ações inovadoras na educação – foi publicado no Diário Oficial do Legislativo, no dia 03/11. Clique aqui para acessar o formulário de inscrição.

A premiação, que é realizado pela Casa desde 2018, será entregue pela Comissão de Educação no dia 13 de dezembro. Pelas regras do edital, a escolha dos agraciados ficará a cargo de uma banca de avaliação que será instituída por nove integrantes: três indicados pela comissão; um indicado pelo Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe); um pela União de Professores Públicos no Estado do Rio de Janeiro (UPPES), um representante do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN); um indicado pela União Estadual dos Estudantes Secundaristas (UEES); um pela Associação dos Estudantes Secundaristas do Estado do Rio de Janeiro (AERJ) e um indicado pela União Nacional de Estudantes (UNE).

A homenagem vai contemplar onze áreas de atuação: projeto político-pedagógico; experiência com alunos do Ensino Fundamental; Educação Especial; Educação de Jovens e Adultos; Ensino Médio, Técnico ou Profissionalizante; do Ensino Superior; do Ensino à Distância; de experiência pedagógica na área de Ciência e Tecnologia; na área da Educação Popular e da Educação do Campo.

O prêmio homenageia um dos maiores educadores do país, Paulo Freire, criador da “Pedagogia da Libertação”, referência mundial da área pedagógica e atual patrono da educação brasileira. “Estamos retomando a organização do Prêmio Paulo Freire na Alerj, neste ano, de forma emblemática. Sob o signo do centenário do nosso grande educador, vamos reconhecer e valorizar as iniciativas daqueles e daquelas que enfrentaram os impactos da pandemia na educação e, mesmo no contexto das grandes desigualdades estruturais e educacionais, promoveram interações pedagógicas potentes entre estudantes e as instituições de ensino”, destaca o presidente da comissão, deputado Flávio Serafini (PSol).

Por Comunicação/Alerj

Leave Comment